terça-feira, fevereiro 18

Perco-me

Perco-me sem sair de casa.
Perco-me sem sair do quarto.
Perco-me sem sair da cama.
Perco-me no teu corpo suado e exausto, nos teus suspiros de prazer, nas tuas mãos delicadas a percorrerem-me a cara, nos teus olhos negros de tentação.
Perco-me todos os dias em ti. E gosto.

2 comentários:

  1. então que te percas sempre assim, sem te perderes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu e os outros!
      Todos precisam de se perder assim, por vezes!

      Eliminar