terça-feira, fevereiro 25

Quero-te

Havia gritos desesperados por todo o lado.
Eram utopias que o assombravam e constantemente o faziam repetir:
-Quero-te, fora da minha cabeça.

Sem comentários:

Enviar um comentário